História, Cultura e Identidade Nacional

Posts Tagged ‘Miguel Borges’

Cinco Vezes Favela (1962)

In Filme on 30/05/2009 at 12:23 PM

favela

O filme Cinco Vezes Favela foi lançado em 1962 e é considerado um dos filmes inaugurais do cinema novo. Como o próprio nome já diz, mostra cinco visões diferentes sobre as favelas da época de sua produção a qual situação que elas viviam em cinco episódios autônomos.

O primeiro destes episódios chama-se “Um Favelado”, dirigido por Marcos Farias. A narrativa parte da situação de um nordestino morador de uma favela. Ele está desempregado e deve o dinheiro do aluguel para o dono de seu barraco. Logo no começo do episódio já é colocada a tensão da narrativa, quando capangas do proprietário ameaçam derrubar o barraco caso não recebam o dinheiro no dia seguinte. Desesperado e sem dinheiro, a personagem se vê sem saídas e acaba procurando um ladrão conterrâneo seu que já lhe havia oferecido trabalho. Acaba aceitando ajudá-lo num assalto à ônibus, mas é abandonado pelo ladrão, que foge de carro logo após o assalto. É perseguido e preso. Neste episódio percebe-se logo de início a tensão colocada entre as diferentes classes sociais: do proprietário e do inquilino do barraco, que acaba sendo vitimizado pela situação social.

O segundo episódio, dirigido por Miguel Borges, chama-se “Zé da Cachorra”. Logo no começo aparece uma espécie de grileiro, que se diz dono da favela que espera a valorização do terreno para loteá-lo. A chegada de uma nova família à favela faz com que o grileiro se preocupe com o aumento da população e tente acelerar “pacificamente” o processo de desocupação do terreno, inicialmente por meio de intermediários e, depois, via reunião com uma comissão de moradores.

Neste episódio, o diretor cria uma relação de oposição entre o grileiro – um homem hipócrita e imoral, que tem medo de uma rebelião na favela – e Zé da cachorra – um tipo “valentão” da favela, que não quer que os outros moradores aceitem passivamente as imposições do grileiro e está disposto a brigar com seu adversário.

Anúncios